segunda-feira, 19 de setembro de 2011

companhia indispensável em Maputo


este guia é fabuloso e deu-nos dicas preciosas, para além de conter um mapa muitíssimo útil. a cidade não é nada complicada, tem uma série de avenidas principais que a atravessam de uma ponta à outra e é impossível perdermo-nos por lá.
mas o guia permitiu-nos escolher o que queríamos ver, traçar alguns passeios antecipadamente e sobretudo saber o que devíamos evitar. é verdade, há ruas e locais que não convém de todo visitar a certas e determinadas horas. apesar disso, eu e mamãe fomos as duas ao Mercado  Municipal, sem companhia de locais e não nos aconteceu nada. sim, convém ter cuidado com a mala, pois os espaços entre as bancas são estreitos e sobretudo não manusear dinheiro, em elevadas quantidades, à vista. a ocasião faz o ladrão. mas isso acontece aqui (em Lisboa) ou em Maputo, ou em Nova Iorque.


outra das companhias absolutamente imprescindíveis é a garrafa de água. não é aconselhável beber água da torneira e ainda que na consulta do viajante tenham referido que não convinha lavar os dentes com essa água, confesso que o fiz sem problemas nem desarranjos intestinais.

(mas o que vale MESMO a pena beber em Maputo é a coca cola e a laurentina. mas disso falarei um dia destes...)

Sem comentários:

Enviar um comentário